Rede de Relacionamentos: Como Criar, Usufruir e Manter

Rede de Relacionamentos: Como Criar, Usufruir e Manter

É interessante perceber como descuidamos da nossa rede de relacionamento ao longo do tempo. Isto acontece porque não a enxergamos como parte do nosso patrimônio, porém, ela deve ser vista como um ativo intangível importante, inclusive com valor financeiro.

Antes de mais nada, para se criar uma rede de relacionamento, você deve ter em mente qual é o seu objetivo/meta para ter uma rede de relacionamento de qualidade.

Coisas como: Quero obter novas oportunidades de negócios, quero ter uma rede de proteção que me ajude em todos os momentos ou até mesmo, quero ter uma rede que me ajude numa recolocação de emprego.

Quais são os meus objetivos em Criar, Usufruir e Manter uma Rede de Relacionamento ativa?

Já quero te adiantar uma coisa, ser networker dá trabalho, porém os resultados são fantásticos.

1 – Como Criar

Bom, agora definiu a sua meta do por que eu quero ter uma rede de relacionamento ativa,  vamos ao próximo passo que é fazer um inventário de pessoas que você conhece. Liste todas. Não pare antes de ao menos chegar em 150 nomes.  Acha difícil? Pensa e já vai listando, seus ex-colegas de escola/faculdade, seus parentes, seus amigos, pessoas com quem você já trabalhou, seus clientes, seus fornecedores, pessoas que você tem o contato no Whatsapp, pessoas que são amigos no facebook, linkedin. Vá listando.

Exemplo:

Nome Grau de Relacionamento Profissão
Fulano de tal Ex-colega de faculdade Gerente de Banco
Beltrano Parente Gerente financeiro na empresa XPTO

Ah, neste primeiro momento a lista deve ser composta de pessoas que de fato você conhece, ok?

Gaste alguns minutos para criar a sua lista, pois este é o primeiro passo e vamos precisar dela daqui para frente.

Com a lista pronta, agora nós vamos classificá-la. Quem desta lista pode me apoiar com as minhas metas/objetivos?

Vamos classificar de A, aqueles nomes que são estratégicos, e tem grande potencial de te ajudar com suas metas/objetivos.

Vamos classificar de B, aqueles nomes que tem um menor potencial que o A, mas que você percebe que a médio prazo, pode lhe ajudar com suas metas/objetivos.

Vamos classificar de C, aqueles nomes que você entende neste momento, tem baixo potencial de lhe ajudar com suas metas/objetivos

Vamos classificar como VIP, aqueles nomes que são executivos de alto nível , que geram valor para sua rede, porém, que tem baixo potencial de lhe ajudar com suas metas/objetivos.

2 – Como Usufruir

Bom, vamos partir do ponto que você identificou sua rede e que você tenha ao menos, 20 pessoas classificadas como A ou B. Para quem é membro do Connection, já tem uma vantagem de ter uma rede de profissionais, que se apoia mutualmente e já está pronta para me ajudar com minhas metas e objetivos. Se você não tem ao menos a quantidade de pessoas na sua lista, você deve encarar os próximos passos como estratégia para conhecer pessoas.

Outro ponto muito importante é que rede de relacionamento trata-se de qualidade e não de quantidade.

Para que eu comece a usufruir da minha rede eu preciso gerar valor para ela. Quando eu falo gerar valor, é entender os objetivos daqueles nomes listados e identificar como posso ser útil a cada um deles.  Neste sentido, eu preciso me encontrar ou reencontrar com esta rede classificadas de A e B. Primeiro objetivo: Ouvir a pessoa, se atualizar do momento e identificar como você pode ajuda-lo.

Segundo ponto é falar sobre o seu negócio de forma clara e objetiva, onde em poucos minutos esta pessoa da sua rede entenda o que você faz e mesmo sem você pedir nada agora, ele já sabe como lhe ajudar com a suas metas/objetivos. Um Pitch de 2 minutos no máximo, onde o membro da sua rede entenda perfeitamente aquilo que você faz e quais são seus objetivos e mentas.

Aqui é um divisor de águas e Networker dá trabalho, muitos desistem e deixam de colher os benefícios de uma rede de relacionamento estruturada.

Para eu usufruir da minha rede, preciso gerar valor. E para saber como posso gerar valor, preciso dedicar um tempo na minha agenda para me aproximar ou reaproximar dela.

“Só existe uma forma de conseguir a colaboração total de alguém e movê-la a agir a seu favor: Pensar primeiro nas necessidades e interesse dela!”

Se não for desta forma, você vai se frustrar, pois sua rede não vai te apoiar. E não te apoia porque você não gera valor, ela lhe enxerga como aquela pessoa que só pede as coisas e se você for uma pessoa que só recorre a sua rede de relacionamento quando precisa, pense em rever isto, pois a cada dia, pessoas com este perfil estão com menos espaço no ambiente seja corporativo ou empresarial.

3 – Como Manter

Pois é, rede de relacionamento precisa de cuidados. Criamos, plantamos, investimos tempo com ela e agora, o que fazer?

De nada vai adiantar todo o seu esforço, se você sumir do radar das pessoas. Você vai virar um contato. E neste caso, o contato não serve para uma rede de relacionamento que tem metas/objetivos.

Para manter a minha rede de relacionamento ativa, você precisa interagir com ela  constantemente. Abaixo temos uma sugestão:

  • Para aqueles classificados como A, você deve manter contato 1 vez por mês;
  • Para aqueles classificados como B, você deve manter contato 1 vez a cada 45 dias;
  • Para aquele classificados como C, você deve manter contato 1 vez a cada 60 dias.

Aqui, a ideia é manter sua rede ativa e com algo relevante:

  • Os contatos podem ser para feedbacks de algo que combinaram;
  • Datas comemorativas que você fará o contato, como ( aniversário, aniversário de casamento, algum acontecimento especial e etc);
  • E você pode também, reencaminhar algum artigo que você recebeu e que ache relevante para a pessoa da sua rede.

Tome cuidado apenas para não sobrecarregar sua rede com interações demais. Apenas seja harmonioso, para não se tornar uma pessoa inconveniente.

Bom, estas foram dicas práticas de como criar, usufruir e manter uma rede de relacionamento!

Para se tornar um networker, precisamos ampliar nossa visão a respeito dos nossos relacionamentos. Temos que identificar muito bem o que podemos oferecer e o que estamos buscando quando lidamos com cada pessoa que faz parte do nosso rol de relacionamento estratégicos.

Abraços e até a próxima!

Renato Martiniano

Renato Martiniano

Renato Martiniano

Especialista em Networking, Fundador e CEO do Connection

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Renato Martiniano

Renato Martiniano

Especialista em Networking, Fundador e CEO do Connection

Compartilhe com sua rede

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Open chat
Podemos ajudar?